segunda-feira, 25 de agosto de 2008

BONITA, SIM.


Bonita para quem solicita pedidos de anceios que fogem ao longo de dias que parecem nao ter fim,
bonitas aos olhos de quem a beijou de um lado, tendo um beijo do outro,
bonita a vida sonhada em forma de futuro e vislumbrada para quem de fora aprecia,
Loucuras para uns, alegria para outros,
Liberdade para ela.
Liberta de todos o rostos que enssistem em prende-la em olhos que nao sabem ver.
Vozes de pessoas que sabem amar;
ou que aprenderam a mar, mas vozes tambem de pessoas que fingem amar;
mas que nao sabem sequer sorrir com alma sincera,
Bonita a vida de quem finge, mas temporária aos olhos daqueles que todos os dias lutam pela inovação em ação,
que lutam para ter um dia e uma noite mais bonita,
Chega de chorar no domingo, chega de viver de sorrisos que nao sao sorridos.
Vá em frente bonita, com alma de passarinho na lama,
com cheiro de flor silvestre,
com corpo de macaco livre,
e braços sempre abertos esperando o novo dia que há de chegar em breve, com pessoas bonitas de alma bonita,,,,
Geison Aquino

2 comentários:

Tadeu Marcon disse...

estou acompanhando! :D

Mariana Moro disse...

Olha, sinceramente, um dos textos mais lindos que já li ultimamente! Eu senti uma calmaria ao ler ele. Ia comparar, mas textos não tem comparações.

Beijos